“Roubaram a minha bíblia!!!”

13 de outubro de 2009 at 11:26 pm (1)

Autoria: Benett

Autoria: Benett

 Ao longo da vida eu já participei de inúmeras competições, e nunca ganhei nenhuma! Pelo menos até a semana passada.

Quem me conhece sabe que eu visito diariamente alguns sites e blogs de cartunistas famosos e anônimos (alguns deles podem ser acessados ao lado). Além de ser uma ótima fonte de risadas, esses sites são muito inteligentes, e ajudam a desenvolver o senso crítico, a ironia e o sinismo (não que eu precise “aprimorar” meu sinismo, mas enfim).

Como parte do meu “tour” diário, está o maravilhoso Blog do Benett. Os desenhos, as charges e as tirinhas dele são ótimas. Apesar de ter se consagrado como cartunista, e não como escritor, confesso que acho seus textos escritos ainda melhores do que seus desenhos. Na semana passada, o Benett promoveu um concurso cultural que premiaria o autor da melhor resposta à pergunta: “Porque devo ganhar um livro do Benett?”. O prêmio seria um livro e um desenho original do próprio Benett.

De maneira bem despretensiosa, sabendo que meu histórico do promoções e concursos depunha contra mim, entrei nessa disputa. Não pelo livro (que eu poderia facilmente comprar), mas pelo desenho original!!!! Alguns dias depois de encerrada a promoção, no meio de uma madrugada típica de insônia, fui surpreendido pela notícia de que eu era o vencedor da promoção com a seguinte frase: “Benett, quero ganhar seu livro porque roubaram a minha bíblia!”.

Num primeiro momento, questionei a escolha: “Porra, será que o Benett fuma maconha?”. Mas depois li algumas das frases que concorreram com a minha, e percebi que realmente eu merecia ganhar. Modéstia à parte, a minha era a mais carregada de significado, e era a única que elogiava o livro do Benett. Concluí: “Não, o Benett não é maconheiro, ele é egocêntrico”.

Ao informar amigos e parentes da minha vitória nessa promoção, me surpreendi com a reação da minha mãe. Ela disse algo parecido com: “Pelo amor de deus, que horror! Comparar o livro do cara à bíblia! Que coisa horrível meu filho!”. Isso me fêz lembrar de como é difícil e arriscado falar sobre religião. Num mundo como o de hoje, onde tanto se valoriza a liberdade de crença e de opinião, ainda é muito perigoso falar de religião.

Eu jamais interferi no exercício da religião alheia. Tenho algumas opiniões a respeito de certas religiões, mas nunca reprimi ninguém por isso! Mesmo assim, quando EU expresso alguma crença ou visão religiosa, as pessoas me reprimem e me condenam. Isso não tem nada a ver com a frase “roubaram a minha bíblia!”. Essa frase não passa de HUMOR! E a palavra “humor” não existe no vocabulário dos religiosos. Pare eles, tudo é divino, tudo é sagrado, ou tudo é profano, ou tudo é diabólico. Não existe para eles o universo paralelo das suposições, do absurdo que se torna engraçado, da piada que não quer dizer nada! Quando eu escrevi “roubaram a minha bíblia”, eu quis ser PURAMENTE engraçado. Eu não quis expressar minha opinião sobre a bíblia, nem mesmo ofender àqueles que a utilizam como “manual de existência humana”. Pura e simplesmente, eu quis ser engraçado! Ninguém roubou minha bíblia de verdade. Eu nem tenho uma bíblia!!!!!!

Não devo nada a ninguém (exceto dinheiro), mas sei que meu post trará revolta, críticas e possivelmente ameaças e perseguição. Sabe porque?

“Os homens jamais fazem o mal tão completamente e com tanta alegria como quando o fazem a partir de uma convicção religiosa”-Blaise Pascal.

A frase de Pascal resume bem o que eu quero dizer com todo esse post. Religião não passa de uma maneira vil que os homens encontraram de fazer valer, em nome de Deus, sua própria vontade. Toda maldade já cometida pelo homem conseguiu se justificar através de convicções religiosas. Já mataram mulheres na fogueira, já escravizaram povos, já derrubaram prédios e etc. Desde sempre comete-se, em nome de Deus, grandes absurdos como esses. Comete-se tambpem pequenos crimes, como o dízimo cobrado pela igreja evangélica, que pode parecer inofensivo, mas acaba se tornando um montante imenso de dinheiro que fica nas mãos de meia dúzia de pessoas que se auto-intitulam bispos e pastores. Eu não confio nessa gente, muito menos com tanto dinheiro em mãos!

Apesar de ser católico de criação, EU DETESTO RELIGIÃO. Mesmo assim, eu acredito em DEUS. Nenhum religioso concebe a idéia de que alguém possa detestar religião, e adorar a Deus. Para eles, Deus se tornou uma entidade física, regulamentada e cheia de regras. Para mim, Deus e religião são mais que distintas, são opostas!

Eis algumas palavras que eu escrevi pensando em Deus, e inspirado pelo depoimento de um sertanejo:

“Eu vejo Deus em tudo! Eu vejo Deus no bater do meu coração, eu vejo Deus na dor das minhas costas, eu vejo Deus na alegria e na tristeza. Eu vejo Deus nas coisas, nas pessoas, nos animais e até mesmo nos insetos. Eu vejo Deus nos olhos daqueles que eu amo, e também nos olhos daqueles que eu odeio. Eu só não vejo Deus naqueles que falam de Deus. Falar de Deus e negar Deus. Não quero que vejam Deus nas minhas palavras, essa não é minha intenção. Quero que vejam Deus nas coisas que te fazem ver Deus, e não nas coisas que dizem de Deus.”

Cada um exerça sua crença e sua fé em Deus da maneira como lhe convém. Mas eu não abro mão de não exercer religião nenhuma! E também não abro mão de fazer meu humor sem ter que me preocupar em ofender ninguém.

Enquanto penso mais a esse respeito, aguardo pela chegada do meu livro e do meu desenho.

Desenho2.1

Anúncios

12 Comentários

  1. paivafp said,

    Querem receber uma mensagem alertando sobre cada nova postagem no Blog do Zehzito? Mande um comentário com o seu e-mail!!!
    Querem me processar por injúria?
    Vai se f****!!!!

  2. Molico said,

    Calúúúúnia!!!!

    rarara

    Maravilhoooooooso bennet… tu tá dando pra ele cara?

    E não divide com os chegados???

    Boa Zézito!!!

    Abraço!!!

  3. Molico said,

    Ah sim, claro…

    Antes de sair dessa missa, escute os nossos patrocinadores!

    senão não vai ter benção!

  4. Brenno said,

    Manifesto-me!
    Ia eu dormir, para a aula de logo mais, quando me bate à porta o e-mail (spam) do Paiva. Resultado, uns 30 minutos a menos de sono.
    Agora tirarei o endereço da lista de spam, e aguardarei a próxima postagem. (É… eu não gosto muito de dormir) 😀

    Esta visão de Deus e religião eu compartilho contigo Paiva. Sou fugitivo de todas as igrejas que você possa imaginar, católica, evangélica, presbiteriana, mórmons, bar do zé (desse fugi cedo)…

    O problema era com Deus mesmo, nem tanto a religião (tá… eram os sim, e daí?). Mas fiz minhas pazes com Ele por causa da Astronomia/Física 😀 – Que aliás é tema de um blog que iniciei a pouco tempo.

    Parabéns pelos escritos postados, gostei muito, principalmente da miniatura de homem marchimelo que aparece nos teus desenhos, hehe.

    Abraços! (Finalmente irei dormir…)

  5. Brenno said,

    Só uma coisa, cometeu um errinho de digitação neste trecho: “Comete-se tambpem pequenos crimes…”

    Fui.

    • Felipe Paiva said,

      Fico contente que vc tenha gostado, obrigado!
      Obrigado pela correção, esse erro realmente passou batido. Aposto que deve haver outros mil, mas eu precisarei de mil olhos para encontrá-los. Não adianta, por mais que eu tenha lido e relido, os erros permanecem. Enfim, corrigirei assim que me sobrar tempo/paciência.
      Eu visitei o seu blog, muito bom também! A quanto tempo vc escreve nele?
      Ah, aliás, por onde vc anda? O que tem feito da sua vida? Eu não tenho notícias suas a muiiiiiito tempo.
      Abração!

  6. Dini said,

    Voce descreveu o Alvinismo.
    Religião é para os que sentam e esperam por um milagre, e caso não sejam atendidos, sabem a quem culpar. Deus. Nunca eles.

    Venha voce também para o Alvinismo! Por apenas R$9,99 por mês voce estará livre dos dizimos e dos pecados religiosos!

    Abraço Zeh!

  7. Tamara said,

    Olha a promoção hein dani !
    ADOREII ESSA…UHSAUHSAu

    Zée, tenhu que confessar que eu nunca li blog nenhum.
    Nunka tive esse custume , ta bom , na verdade eu numca tive paciencia.
    mais enfim , adorei, e estou adorando.
    sempre me informe sobre novos posts.
    Abraço, to com saudadess 😉

    • paivafp said,

      Puxa, fico contente que você tenha gostado tanto! Se você gostou do meu, vai adorar os blogs que estão no meu blogrol, à direita da tela. Os autores desses blogs eh que me incentivaram a criar o meu próprio canal de comunicação na internet.
      Também estou com saudades, mas em breve verei todos novamente.
      Beijos!

  8. andré said,

    foi lá do blog do benett!

  9. Daniel "Beça" said,

    Valeu pelo comentário chefe! É, eu queria fazer essa tira faz um tempão já e finalmente saiu! Tem mais uma com teor religioso que está guardada. Eu tenho mais facilidade de desenhar do que escrever. Sobre este post, eu concordo com cada palavra e acredito como você, que não é necessário nenhuma religião para crer em Deus, as palavras que você escreveu sobre Ele resumem o pensamento que tenho.

  10. Igor Jácome said,

    Quero indicar a você o blog do chargista, ilustrador, contador e um tudo mais Ivan Kabral que é: http://www.ivancabral.blogspot.com “Sorriso Pensante”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: